FANDOM


O Universo Divergente era um universo de bolso onde não havia o conceito de tempo. Era lá onde vivia a Divergência, entre outras espécies. Rassilon mantinha este universo, entre outros universos de bolso, presos dentro de seu calabouço em Gallifrey. Ele considerava o Universo Divergente o mais "importante dentre todos que ele mantinha. (ÁUDIO: Zagreus)

A Presidente Romana forçou o Oitavo Doctor a ir para o Universo Divergente depois de ele ter sido possuído por Zagreus. Charley Pollard, em um salto de fé, decidiu se juntar a ele em sua jornada.

História Editar

Rassilon descobriu a Divergência quando ela habitava o nosso universo, e deduziu que eles eventualmente ultrapassariam os Time Lords em poder. Para prevenir isso, ele usou seu recém adquirido controle sobre o tempo e o espaço para lacrá-los em sua própria realidade. Para mantê-los aprisionados até o fim dos tempos, Rassilon instalou um loop de Möbius que acabava com toda a vida do universo a cada vinte ou trinta milênios e logo em seguida regurgitava o universo em sua forma original. Um efeito colateral disso era a falta do conceito linear de tempo dentro do unvierso - causa e efeito acabavam não tendo nenhum sentido, pois não importava o que acontecesse, as coisas sempre retornariam ao seu estado inicial.

Rassilon usou a força do Anti-Tempo para contruir uma arma capaz de destruir a Divergência para sempre. Ele infectou o Oitavo Doctor com ela, criando a personalidade Zagreus. No entanto, as tentativas de Rassilon de controlar Zagreus falharam, e Zagreus mandou Rassilon para o Universo Divergente para que confrontasse diretamente seus inimigos. (ÁUDIO: Zagreus)

Pouco tempo depois, o Doctor se exilou nesse mesmo universo para controlar sua personalidade Zagreus. Rassilon extraiu Zagreus do Doctor, e então usou ambas as personalidades para quebrar o ciclo de destruição e recriação. (ÁUDIO: The Next Life)

Descrição Editar

Neste universo, o tempo fluía como nós normalmente o sentimos, de um momento para o outro, mas não era possível viajar para o passado nem para o futuro através do fluxo temporal. Os habitantes deste universo também não possuíam o conceito de tempo. (ÁUDIO: The Creed of the Kromon)

Um planeta em especial, Bortresoye, foi criado pela Divergência como uma fundição para experimentos evolucionários. Porções de muitos mundos foram levadas para lá, acessadas via portais interzonas. Este mundo seguia ciclos similares aos de seu universo, mas a um ritmo muito mais acelerado. (ÁUDIO: The Last)

Outros planetas ao redor das galáxias incluíam Setarus e Ondrokkon (vizinhos beligerantes), e Caerdroia (o centro principal de administração da Divergência). (ÁUDIO: The Twilight Kingdom, Caerdroia)

Ao final de cada ciclo do universo, um pequeno planeta azul passava por todas as nove galáxias, exterminando toda a vida que cruzava seu caminho, por desígnio de Rassilon. A Igreja da Fundação trabalhava em conjunto com ele, pregando a doutrina "Todas as coisas devem morrer". O universo podia apenas terminar e resetar assim que toda a vida houvesse se extinguido. (ÁUDIO: The Next Life)

Bastidores Editar

O arco Editar

O termo "Universo Divergente" descreve também um arco de histórias de áudio do Oitavo Doctor.

Em termos gerais, sua narrativa começa em Storm Warning, a primeira história de áudio do Oitavo Doctor. Ela estabelece a transgressão das Leis do Tempo pelo Doctor, o que origina o Anti-Tempo que ele acaba absorvendo em Neverland.

The Time of the Daleks é também um precursor da narrativa; a hitória estabelece que os Daleks são apanhados dentro do vórtex temporal - um ponto importante tanto em Neverland, que serve de prólogo ao arco, quanto em Terror Firma, que serve como um epílogo.

Uma definição mais precisa do arco, no entanto, aponta os momentos finais de Zagreus como seu início, com o exílio voluntário do Doctor e Charley para o Universo Divergente, e continua até a cena final de The Next Life, quando eles retornam para o universo principal.

Outras histórias posteriores se ligam ao arco do Universo Divergente, incluíndo a despedida de C'rizz em Absolution e a despedida de Charley em The Girl Who Never Was.

Terceira temporada desfeita Editar

O tempo que o Oitavo Doctor passou no "universo divergente" foi originalmente planejado para continuar por mais áudios do Oitavo Doctor do que os que foram produzidos. No entanto, devido ao retorno da série à televisão em 2005, decidiu-se terminar o arco mais cedo, para não alienar possíveis novos ouvintes dos áudios da Big Finish Productions que surgissem como resultado do retorno da série para a TV.

Diversas histórias de áudio do Oitavo Doctor lançadas depois de The Next Life, a última história passada no "universo divergente", foram reescritas. No entanto, algumas dessas histórias ainda contêm restos de ideias que parecem mais adequadas para o arco do "universo divergente", por exemplo, os experimentos e os mundos lacrados que aparecem em Scaredy Cat.

Em uma entrevista para o fanzine "The Finished Product", o produtor Gary Russell revelou que uma terceira temporada de histórias que se pasasriam dentro do universo divergente estava planejada, e provavelmente consistiria em:

Uma quarta e final temporada no universo divergente também estava planejada, e terminaria com a história The Next Life.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória