Fandom

Wiki Doctor Who

Dalek (episódio)

763 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Comentários0 Compartilhar

Sexto episódio da primeira temporada de Doctor Who, Dalek marca a primeira aparição de um Dalek na série nova e o começo de Adam Mitchell como companion. A história foi adaptada do áudio Jubilee, escrito por Robert Shearman.

Narrativamente, Dalek foi a primeira grande introdução ao escopo destrutivo da Última Grande Guerra do Tempo, tanto com relação aos Daleks quanto com relação ao Doctor, e a severidade da culpa e da raiva do Nono Doctor que permaneceram após ele ter pessoalmente finalizado a guerra ao causar uma quantidade enorme de mortes. É aqui que a escuridão que manchou sua alma se desenvolve num crescendo, e ele descobre um sinistro paralelo com seu mais odiado inimigo.

Sinopse Editar

Rose Tyler e o Nono Doctor aterrissam em 2012 respondendo a um pedido de ajuda e encontram um colecionador de artefatos alienígenas que possui um espécime vivo. Entretanto, o Doctor fica horrorizado ao descobrir que esta criatura é membro de uma raça que ele julgava extinta: um Dalek.

Referências Editar

EspéciesEditar

  • Rose nota que há um pedaço de um Slitheen em exibição.
  • O Doctor reconhece um capacete de um Cyberman em exibição.
  • Aparentemente os Daleks foram aniquilados, menos um. Este remanescente Dalek possui tecnologia que o permite incinerar quem toca seu revestimento por muito tempo, um poder de sucção mortal em seu braço manipulador, a habilidade de se reparar sozinho assimilando dados, capacidades regenerativas ao extrapolar o DNA de um viajante do tempo, uma arma de raios condutivos em água, uma mente calculadora altamente avançada, uma função de levitação e um mecanismo de autodestruição. 

TecnologiaEditar

Arco Bad WolfEditar

  • Bad Wolf é mencionado durante a aterrissagem do helicóptero de van Statten: "Bad Wolf One descendo..." Esta é a única ocasião em que uma referência a Bad Wolf é feita num contexto que não é visto ou ouvido nem por Rose nem pelo Doctor.

Guerra do Tempo Editar

NotasEditar

  • Primeira história da nova série a não mostrar nem a TARDIS nem seu interior.
  • Única história nos anos de Russell T. Davies na qual Daleks estão envolvidos em apenas um único episódio. Todas as outras histórias com Daleks seriam espalhadas por dois episódios no futuro.
  • Davros é mencionado mas não nomeado pelo Doctor quando diz que van Statten teria gostado do criador dos Daleks.
  • De acordo comDoctor Who Confidential, Robert Shearman teve de escrever outra versão do roteiro pois inicialmente não se sabia se a série nova obteria os direitos de uso sobre os Daleks, então ele criou uma raça alienígena alternativa que poderia ser usada se os Daleks não estivessem disponíveis. Russell T. Davies chegou a fazer um esboço de um potencial substituto robótico, uma criatura chamada "humano futuro", caso os Daleks não fossem disponibilizados. O design desta criatura foi posteriormente adaptada como os Toclafane em The Sound of Drums.
  • O Dalek pousou na Terra em 1962, ano anterior à estreia de Doctor Who.
  • Primeira história televisionada a não usar no título "... of the Daleks" desde 1974, e a primeira a não apresentar seu criador, Davros
  • A atitude do Nono Doctor começa a refletir a mentalidade Dalek, enquanto por sua vez o Dalek "Metaltron" começa a obter sentimentos humanos, criando um rígido contraste entre ambos, refletindo o estado emocional da psiquê do Doctor após lutar numa guerra que considerou infernal.

ContinuidadeEditar

  • Segunda história a apresentar na tela um Dalek subindo escadas, a primeira sendo Remembrance of the Daleks.
  • Adam Mitchell se tornou o primeiro companion masculino desde 1984. Jack Harness , Mickey Smith e Rory Williams continuaram esta tendência.
  • O Doctor tenta convencer o Dalek de que não há mais propósito, a mesma tática usada em Remembrance of the Daleks que resultou na autodestruição de um deles. Coincidentemente, este Dalek também se autodestrói, mas por ficar enojado ou aborrecido com sua mudança de personalidade.
  • Van Statten ordena seus guardas a não atirarem no Dalek por ele ser único, apesar do fato de estar tentando matá-los.
  • Van Statten clama terem seus cientistas descoberto a cura para a gripe comum a partir de uma bactéria alienígena encontrada em uma "cratera na Rússia". Provavelmente isto se refere à cratera criada pelo Evento de Tunguska em 30 de junho de 1908.
  • Doctor murmura a frase "Eu venci, que tal isso" perto do fim da história. O Mestre profere uma frase similar próximo a sua morte em Last of the Time Lords : "Que tal, eu venci".
  • Oitavo Doctor uma vez ouviu de uma mulher chamada Cass que não havia mais diferença entre os Time Lords e os Daleks após entrarem em guerra, eventualmente estimulando a regeneração que iria dar fim definitivamente à batalha (The Night of the Doctor).
  • O Doctor menciona não ter sobrevivido à guerra por escolha. O Momento disse que a sobrevivência do Doctor após o uso desta arma seria sua punição. (TV: The Day of the Doctor)

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória